quinta-feira, junho 07, 2007

estacionamento, são paulo

Meu carro fica em um estacionamento ao lado do meu prédio. Quando está fechado, os mensalistas como eu tem uma chave para o cadeado.

Ontem à noite fui sair e segui o procedimento, mas na hora de abrir o portão de correr usei minha tosco-força e ele lançou-se além da barreira ridícula que segura suas rodas, descendo minha rua (que é uma ladeira).

Por sorte ele não virou em cima de nenhum carro que estava parado no meio-fio nem pegou em ninguém, e acabou parando em cima do portão do prédio. Um cara em um carro estacionado me ajudou a colocar no lugar e no fim das contas o portão ficou melhor, pois agora o cadeado está mais fácil de trancar.

PS: Este post é uma homenagem ao bruno e suas histórias anedotais absurdas.

2 comentários:

|3run0 disse...

hehe... Eu sou um para raio para coisas bizarras, acho.

Dorothy disse...

Achei engraçada demais esta história.