sábado, outubro 15, 2005

transubstanciação

Estava precisando de uma calça nova, e queria ir na Renner, que costuma ter umas coisas legais e tem preço de classe média pé no chão. Então fui so Shopping Morumbi, já que perto da minha casa não tem nenhuma, com a Mi (que veio passar o fim de semana aqui).

Dei umas voltas lá e não achei nada que gostasse particularmente. Coisas boas, mas nada muito legal. Como a Zara era ao lado, resolvi olhar, já que isso pelo menos não custa, já sabendo que os preços lá são mais altos (mas se houvesse algo muito legal eu levaria).

Qual não foi minha surpresa a encontrar exatamente as mesmas coisas? Bom, não literalmente, mas tudo era muito parecido, até as camisetas tinham um estilo visual semelhante à algumas em exposição na Renner. E tudo com o dobro do preço. E pensei: Será que a Renner está virando a Zara ou a Zara está virando a Renner? A Mi optou pela primeira, mas eu pendia para a segunda.

Alguns minutos depois, conclui: A Zara está virando a Renner: Na Zara havia para vender uma camiseta do Super-Homem.

2 comentários:

|3run0 disse...

Fernando Mafra, victim of fashion? Em breve teremos um post sobre as melhores manicures no hardcore downtown... ;-)

Lets disse...

a Di falou que lá em Portugal a Zara é igual a C&A aqui. Tipo que tem coisas legaizinhas e baratas. E que a C&A de lá é péssima, ninguém nem olha. É tipo Varejão das Fábricas. Povão. Entãããão, acho que é uma teindêêêincia da moda conteimporââânia varejar as coisas meeeeeismo... só que nóis, brasileiros somos muuuuito atrasados, né genteeeeeim?