sexta-feira, julho 28, 2006

morbidograma

Hoje mandei meu primeiro telegrama. E era de pêsames. Ontem morreu Joseph Luyten, marido da Prof. Sonia Luyten, que me deu muita força em minhas incursões acadêmicas. Não podia deixar de manifestar os sentimentos.

Achei todo o processo meio surreal. Mas tive que fazer já que não tinha como ir ao funeral.

2 comentários:

LEEUNDER disse...

MUITO BOM !
REALMENTE !
EXELENTE !

Mi, de Camila disse...

Espero profundamente que o comentário anterior seja direcionado à vulva.